3º Cantando a Agente se Entende, no Parque de Madureira

CGE -359

CGE -359Foi uma tarde maravilhosa no Parque de Madureira, centenas de pessoas participaram do “Cantando A Gente se Entende”, evento promovido pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) e pelo Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP), e que tem o patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro e apoio da Rede Globo. A atividade aconteceu em 24 de julho, no Parque de Madureira. Com diversas apresentações musicais, oficinas e tendas religiosas a intenção foi chamar a atenção para a importância do Combate à Intolerância Religiosa.
CGE -369

 

Renato de Obaluaê e Mirian de Oyá tiveram a responsabilidade de conduzir as atrações. No início da tarde, quando o “Cantando A Gente se Entende” começou, o sol estava forte, mas muitas pessoas já paravam para ouvir as palavras de diversos sacerdotes e assistir às apresentações de grupos culturais.
Os wiccans, candomblecistas, budistas, judeus, umbandistas, católicos, hare Krshnas, evangélicos, mórmons e Bahá’ís iniciaram a atividade, com falas pela liberdade religiosa e shows que truxeram a diversidade religiosa para a Zona Norte do Rio de Janeiro.

CGE -61

Falas pela liberdade

Mas, mesmo com tantos momentos de descontração, o evento remete a uma necessidade da sociedade: a liberdade religiosa. Sendo assim, os espetáculos abriram espaço para fala de representantes de segmentos que compõem a CCIR. O interlocutor do grupo, babalawo Ivanir dos Santos, falou da importância de estarmos juntos no próximo dia 18 de setembro de 2016, em Copacabana para a 9ª Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosas e da Campanha Contra a Intolerância Religiosa e Discriminação Racial.CGE -259

 

Veja todas as fotos http://ceaprj.org.br/galeria-de-fotos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>