Petrobras entrega premiação do concurso Camélia da Liberdade 2012

Estudantes e professores do ensino fundamental e médio da rede escolar pública recebem hoje (2/5), às 15h, no Rio de Janeiro, e na sexta-feira (4/5), às 14h, em São Paulo, a premiação pela classificação no Concurso de Redação Camélia da Liberdade 2012, cujo objetivo é estimular a inclusão de História da Cultura Afro-Brasileira e Africana no currículo escolar, obrigatória desde a sanção da lei 10.639/03. Durante o evento será lançado e distribuído gratuitamente livro com a seleção dos 60 melhores textos de participantes do concurso.

Patrocinado pelo Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania há cinco anos, e desenvolvido pela Organização Não Governamental Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP), o Camélia da Liberdade 2012 recebeu inscrições de 372 instituições de ensino nos dois estados. O tema da redação nesta edição foi “Luiza Mahin: uma rainha africana no Brasil”. A ex-escrava africana participou do levante de escravos Revolta dos Malês, em 1835, em Salvador.

Os três primeiros colocados ganharão, por ordem de classificação, um notebook e impressora multifuncional; um microcomputador e impressora multifuncional; e um microcomputador. Os professores orientadores receberão tablets e máquinas digitais. As escolas municipais e estaduais onde estudam os vencedores vão receber laboratório de informática, com 10 computadores. No Rio, os vencedores são alunos de escolas de Nova Iguaçu, Vassouras, Casimiro de Abreu, Complexo do Alemão e São Gonçalo. Em São Paulo, os premiados são estudantes de colégios de Mauá, Iaras e São José dos Campos. Mais informações sobre a premiação e o concurso podem ser obtidas no site  http://ceaprj.org.br/

Leia mais AQUI.

Fonte: Segs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>